7 passos simples para melhorar sua produtividade

Melhorar os resultados de suas ações e impulsionar o desempenho de seus funcionários é o que toda empresa quer. Afinal, essa é a melhor forma de aumentar a produtividade sem afetar o quadro de funcionários e o orçamento da organização.

Por conta disso, o time da GS criou uma lista simples para que você e seus colegas de trabalho possam dar um up nos seus desempenhos. Confira a seguir:


1. Ambiente organizacional

O primeiro passo para aumentar a produtividade de uma empresa é fornecer aos funcionários um ambiente de trabalho mais atrativo e acolhedor. É claro que esse conceito varia entre uma pessoa e outra e, dessa forma, é preciso levar em consideração as variáveis. Por exemplo, existem indivíduos que gostam de fazer suas tarefas ouvindo música. No entanto, para os outros funcionários esse hábito pode ser prejudicial em momentos em que a concentração é necessária.

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

Nesse caso, uma solução seria incentivar o uso de fones de ouvido, já que a música pode, sim, ajudar na concentração de alguns funcionários. Porém, isso não pode prejudicar a produção dos outros.

Fontes de ruídos externos também podem atrapalhar a produtividade das pessoas. É interessante que as empresas fixadas em locais de grande movimento ou obras recorrentes invistam em formas de isolamento sonoro. Existem possibilidades acessíveis, como a espuma acústica, que trazem resultados interessantes para a redução de ruídos.

2. Valorize os funcionários

Também é importante que as pessoas que trabalham nesse ambiente se sintam valorizadas e felizes. É claro que ninguém é feliz todos os dias, mas as boas ações de um líder podem fazer com que as rotinas da empresa sejam menos estressantes para todos.

Ninguém consegue produzir bem quando não está motivado ou engajado. Dessa forma, é interessante que os funcionários entendam e acreditem no propósito da empresa. Com um pensamento alinhado ao da organização, o ambiente de trabalho torna-se mais produtivo.

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

No entanto, deve-se tomar cuidado para não promover um espaço de competição. Apesar de poder parecer, para algumas pessoas em cargos de liderança, que o estímulo a competição entre os funcionários é um ponto positivo, essa atitude pode, na verdade, prejudicar o desempenho.

As pessoas que competem entre si tendem a guardar informações, ter pouco espírito de equipe e podem até agir de maneira a prejudicar os companheiros de trabalho. Não é isso que você quer na sua empresa!

3. Saúde física e mental

Você faz pausas no trabalho? É importante que os funcionários parem em alguns momentos para respirar, mudar de ambiente, ter novas idéias. Nem você e nem seus colegas são máquinas!

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

A rotina produtiva de uma empresa é corrida, estressante, com pouco tempo livre. No entanto, é fundamental que as pessoas façam pausas, mesmo que pequenas, durante o período de trabalho. Sejam para fazer um lanchinho, ir ao banheiro, tomar um café, esses momentos são de extrema importância para o descanso da mente. Ao voltar aos afazeres, o funcionário estará mais disposto e, principalmente em trabalhos que envolvem processos criativos, pode produzir mais.

Nós já falamos sobre a hierarquia das necessidades de Maslow aqui no blog da GS, mas é importante lembrar que a pirâmide tem como base as necessidades fisiológicas. Sendo assim, não ignore quando a natureza chamar!

Além delas, o psicólogo também elenca outras questões fundamentais para a motivação pessoal, como a segurança, sociabilidade, autoestima e realização pessoal. Todas esses pontos, segundo ele, estão interligados e são fundamentais para qualquer ser humano atingir o sucesso.


4. Redes sociais

A facilidade de acesso ao mundo digital pode ter um impacto negativo na produtividade de uma empresa. Com o mundo nas palmas das mãos, por meio do celular, é natural que uma pessoa se sinta atraída a utilizar as redes sociais. Entretanto, é preciso fazê-lo com cautela, pelo menos em horário de trabalho.

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

Para evitar esse tipo de distração, existem algumas dicas. Por exemplo, desabilitar as notificações de aplicativos diminui a frequência que o celular toca, fazendo com que você não tenha aquela urgência de checar a notificação. Outra sugestão é elencar horários específicos para utilizar as redes, como o horário de almoço e pausas para banheiro e água.

5. Eletrônicos

Assim como as redes sociais, os aparelhos eletrônicos tomaram conta das nossas vidas e, em muitas profissões, também fazem parte do trabalho. Porém, eles podem agir como distratores no horário de trabalho, já que dão acesso às redes sociais e todos os problemas que já comentamos.

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

Uma dica é, logo que você acorda, evitar essa tecnologia. Escolher um despertador, e não o alarme do celular, pode adiar o acesso ao dispositivo. Dessa forma, você evita que a primeira ação do seu dia seja checar e-mails, responder mensagens ou entrar nas redes sociais. Todos sabemos que, geralmente, esse hábito tende a gastar bastante tempo.  Ao invés disso, você pode fazer um exercício, arrumar sua cama ou tomar café da manhã.


6. Organização

Uma forma prática de organizar as tarefas diárias é através de uma lista. Ela pode ser feita no dia anterior, por exemplo. Você pode começar com uma listinha pequena, com afazeres do dia-a-dia, não muito importantes. É interessante que você estabeleça deadlines para essas tarefas e tente cumpri-las dentro do prazo. Assim, conforme a lista aumenta, você vai se habituando a rotina.

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

Hoje, existem vários tipos de planners, aqueles caderninhos coloridos, parecidos com agendas, que servem para facilitar o processo de estabelecer tarefas. Eles dão mais liberdade para que as suas listas sejam mais elaboradas, coloridas e atrativas.

Também é importante que você saiba priorizar os seus deveres. Não é todo dia que a sua lista será cumprida de forma completa, afinal, imprevistos acontecem em todos os lugares. Estando preparado para essas eventualidades, é mais fácil remanejar os compromissos. Uma dica é deixar destacado algo que não é tão urgente e pode ser feito no outro dia!


7. Comunicação

O diálogo é a uma das formas mais eficazes para resolver problemas e, no caso da produtividade, não é diferente. Se o time da empresa se comunica de forma eficiente, trocando idéias, discutindo a melhor forma de produzir, a tendência é que o resultado seja positivo.

Além disso, a comunicação ajuda a criar vínculos afetivos entre os funcionários da equipe. Isso é extremamente importante para a instalação de um ambiente saudável e feliz na empresa, que reflete totalmente na produtividade.

Também é essencial que as pessoas que ocupam cargos de liderança saibam a forma de se colocar em relação aos demais funcionários. É interessante que eles saibam a maneira mais adequada de transmitir e receber mensagens, inclusive as negativas. Esse diálogo, principalmente em situações de crise, é fundamental para que a empresa e as pessoas consigam extrair um resultado positivo da situação.

(Foto: pixabay)

(Foto: pixabay)

A produtividade de uma equipe não está apenas nas mãos dos funcionários, mas sim de todos que compõem esse time. É primordial que as organizações, junto de seus funcionários, através do diálogo, busquem sempre a melhora desse quesito.

Ficou curioso para saber como a equipe da Geração Social pode ajudar a melhorar a produtividade da sua empresa? Venha conversar com os nossos agentes de transformação!